A IMPORTÂNCIA DO LINKEDIN PARA ADVOGADOS

Que a tecnologia facilita muito a vida das pessoas nos dias de hoje, não é novidade. Que a internet está presente em vários momentos do nosso dia a dia, também não. E você, já parou para pensar em como ela afeta até mesmo o mercado de trabalho?


Muitos advogados e escritórios já compreenderam a importância do uso das redes sociais para a construção de presença e fortalecimento de reputação, e utilizam deste meio para se manter na mente de outras empresas, atualizar seus colaboradores etc.


Por isso, construir com perfil de destaque e utilizar o LinkedIn de maneira estratégica é possuir um perfil completo, elaborado com muito cuidado. Veja algumas dicas:

1. Manter o perfil atualizado

Assim como o currículo, o LinkedIn deve ser sempre atualizado. Isso porque quanto mais informações o usuário disponibilizar maiores são as chances de se tornar visível para empresas e outras pessoas.

Por isso, além de incluir experiências profissionais no mercado de trabalho, é muito importante colocar na sua página certificados de cursos que já fez, eventos da faculdade em que você participa para mostrar seu engajamento, pesquisas acadêmicas etc.


E não se esqueça também dos dados de contato. Mantê-los atualizados é uma maneira de se tornar ainda mais acessível para novas oportunidades.


2. Colocar uma boa foto

Apesar de parecer algo banal, a foto também diz muito sobre o usuário do LinkedIn. Uma pesquisa feita pela própria rede social, por exemplo, mostrou que mais de um quarto dos brasileiros (27%) considera importante atualizar a imagem no perfil.

Mas, cuidado: não atualize apenas por atualizar. É preciso saber escolher uma boa foto, tendo sempre em mente a impressão que se quer causar.


3. Fazer um bom resumo

O meio virtual requer rapidez e informações fáceis de serem visualizadas. Por isso, evite fazer todo um histórico detalhado de suas experiências anteriores no espaço dedicado ao resumo.

Utilize-o para colocar apenas as informações mais relevantes sobre sua trajetória, como áreas de atuação e cargo atual. Deixe o resto — duração, funções, atividades — para a parte de “Experiência”.


4. Ser ativo

É preciso também publicar ideias, textos e artigos que considere importantes de serem encontrados por suas conexões.

Porém, se ainda não se sente à vontade para isso, experimente, de início, curtir ou compartilhar artigos relevantes de outras pessoas. Assim, será possível mostrar que se está ativo na rede profissional, e não que apenas possui um perfil nela.

Por todas as possibilidades que o LinkedIn dá, ele tem sido cada vez mais valorizado no mercado profissional. Justamente por isso, tornou-se impossível ignorar a importância de se estar presente nele, estabelecendo conexões e fazendo networking.

Se ainda não tem um perfil nessa rede, considere construir um o quanto antes. E, se já tem, não deixe de seguir as dicas que demos neste post. Assim, serão ainda maiores as chances de novas oportunidades surgirem para você.

Aqui no escritório valorizamos as conexões e a postura online de nossos colaboradores, por isso, apoiamos e até oferecemos ajuda para mante-los atualizados e participativos no linkedin.

JL Vieira Advogados

Assine nosso newsletter e continue atualizado.

10 visualizações0 comentário