O que eu preciso saber antes de abrir um empreendimento?

Primeiro de tudo: que essas situações não ocorrem por causas isoladas. Não adianta colocar a culpa na “crise econômica”. Ela pode ajudar, mas não é somente ela. A verdade é que o mercado não é o mesmo que era há 5 anos, quiçá há 20, 30 anos… O mercado é muito mais exigente, nos dias atuais.


Então, anota aí algumas coisas que você tem que se atentar antes de abrir um empreendimento:


Ao básico, descubra quem é seu cliente, pois sem ele seu empreendimento funcionará pra quem? Após isso, saiba do seu mercado, entenda como seus concorrentes trabalham, quais são as forças dos seus concorrentes e, principalmente, quais são suas fraquezas. Além disso, você deve entender como funciona a base de preços desse mercado.


Conheça seus números, que significa: conhecer como funciona a gestão da sua própria empresa: o quanto é preciso para abrir a empresa, o quanto é preciso de fluxo de caixa para manter a empresa nos primeiros anos, o quanto é preciso de investimentos com imagem e propaganda, o quanto é preciso de estoque de produtos e contratação de funcionários.


Conheça sua equipe, afinal as empresas devem respirar inovação, devem ser a própria inovação.

E a partir disso, o que se tem é que uma empresa precisa de uma equipe forte, que confia no seu gestor e que, principalmente, saiba trabalhar em conjunto.

Isso tudo se resume praticamente em ter um plano de negócios, detalha o estudo de mercado, o planejamento financeiro, fluxo de caixa, previsão de vendas, investimentos em produto, imagem e marketing, dentre muitas outras variantes.


Com algo não menos importante, Contabilidade e Jurídico são investimentos sim!! O enquadramento errado da sua empresa pode te levar ao pagamento em excesso de tributos e demais burocracias. Ora, você sabe a diferença de um microempreendedor e de uma EIRELI?

Existem pessoas abrindo EIRELI, sem ter capital social para isso e sem se dar contar como conseguiria declarar isso para a Receita Federal posteriormente, claramente vitímas de uma falta de acompanhamento jurídico.


Sabendo disso tudo, você já está com um pézinho a frente que muitos de seus concorrentes, acredite.


Agora você já sabe que ter CNPJ, o mero fato de abrir uma empresa, não é sinônimo de riqueza. É sinônimo de muito trabalho. Hoje, a pessoa que quer se destacar no mercado deve apresentar um diferencial. Ser o mesmo que todos não é diferencial, Esteja acompanhado de uma equipe de confiança para auxiliar nas tomadas de decissões.


JL Vieira Advogados

Assine nosso newsletter e continue atualizado.

9 visualizações0 comentário